Xique-Xique

Xique-Xique

Xique-Xique

A região era habitada primitivamente pelos índios massacarás, pontás, aracajás e amoipiras.
Por volta da década de 1540, sertanistas à procura de ouro iniciaram o desbravamento do Vale do São Francisco. Formaram-se fazendas à margem direita do rio, em terras basicamente pertencentes às famílias Casa da Ponte e Mestre de Campo Guedes de Brito.
Na segunda metade do Século XVI, em terras do Coronel Garcia D?Ávila, da Casa da Ponte, iniciou-se o arraial Xique-Xique. Situava-se na Ilha do Miradouro, nome originário da expressão popular daqui miro o ouro nas serras. Edificou-se ali a capela de Santa Ana.
Mais tarde, construiu-se a capela de Senhor do Bonfim em terra firme, à margem da Ipoeira, na fazenda Praia, de propriedade de Sebastião José de Carvalho. Formou-se novo núcleo populacional. Os habitantes da Ilha do Miradouro foram-se transferindo para o local.
A origem do topônimo foi a grande quantidade dos cactos xique-xique, encontrados pelos primeiros povoadores.

População estimada 2014 (1) 48.210
População 2010 45.536
Área da unidade territorial (km²) 5.200,809
Densidade demográfica (hab/km²) 8,28
Código do Município 2933604
Gentílico xiquexiquense

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *