PEC 241: 94% rejeitam proposta e 99% associam Temer a “golpista”; Insatisfação cresce no País, analisa Líder do PT

PEC 241: 94% rejeitam proposta e 99% associam Temer a “golpista”; Insatisfação cresce no País, analisa Líder do PT

O governo golpista de Michel Temer acendeu o alerta com o resultado de uma pesquisa, que ele mesmo contratou, sobre a PEC 241, que congela os gastos públicos pelos próximos 20 anos. Pelo levantamento, 94% dos internautas consideram a emenda negativa para o Brasil. E impressionantes 99% associam o nome do presidente Michel Temer à palavra golpista quando o assunto é a o teto dos gastos, diz a Coluna do Estadão.

Diante do cenário desfavorável, o governo vai investir em uma ofensiva midiática, bombardeando sites e redes sociais com conteúdo favorável ao projeto de emenda à Constituição, que deverá ser votada em segundo turno na próxima segunda-feira (24). O objetivo é explicar exaustivamente a “necessidade” do ajuste.

Vox Populi – A rejeição ao governo sem voto de Michel Temer e à sua política é confirmada também em pesquisa realizada pelo instituto Vox Populi. O instituto apurou que a PEC 241, conhecida também como PEC da Morte, é rejeitada por 70% dos brasileiros. Apenas 19% concordam com e aprovação da medida, 6% são indiferentes e 5% não souberam ou não responderam.

Na avaliação do líder da Bancada do PT na Câmara, deputado Afonso Florence (BA), a população brasileira já constituiu um juízo que corresponde à verdade: “Temer é golpista e deu o golpe na democracia contra o mandato legítimo da presidenta Dilma Rousseff, e deu um golpe na população com um conjunto de iniciativas que desmontam o Estado brasileiro e retira direitos trabalhistas, econômicos e previdenciários”. Por isso, completou, “Temer tem uma alta taxa de rejeição”.

Na contramão do que mostram as pesquisas, Afonso Florence disse que aqui no Congresso Nacional o ilegítimo Michel Temer tem uma maioria que dá sustentação ao seu governo e a essas iniciativas que fazem o País retroceder. O líder observou, entretanto, que a insatisfação com o governo sem voto vem crescendo e que a população tem manifestando o seu descontentamento nas ruas. Como exemplo, ele citou a ocupação de Institutos Federais de Educação Tecnológica e escolas estaduais.

“Os estudantes estão ocupando escolas, principalmente em estados governados pelos tucanos, para denunciar e resistir a essa proposta de reforma do Ensino Médio, que é uma ação muito ruim do governo Temer para a educação brasileira”, afirmou o líder petista. Segundo Afonso Florence, são essas mobilizações sociais que vão pressionar o Congresso e que “nos permitirá derrotar o governo golpista aqui dentro”.

Previdência – O Vox Populi também ouviu a população sobre a reforma da Previdência, constatando que 80% dos trabalhadores do campo e da cidade são contra a proposta do governo golpista que prevê idade mínima de 65 anos para se aposentar. Outros 15% concordam com as mudanças no sistema previdenciário, 4% nem concordam nem discordam e 2% não sabem, não têm opinião ou não responderam.

Ainda de acordo com a pesquisa, Temer é mal avaliado por 74% dos brasileiros – para 40%, o desempenho dele é regular, e para 34% é negativo. Só 11% consideram o governo de maneira positiva e 15% não sabem ou não responderam. A pesquisa foi realizada com 2 mil pessoas entre os dias 9 e 13 de outubro.

Internautas – A pesquisa com internautas foi feita pela agência de comunicação Isobar Brasil e analisou 59 mil menções diretas à PEC do Teto no Twitter e Facebook do Palácio do Planalto, no dia 13 de outubro, primeiro dia útil após votação em primeiro turno.
PT na Câmara, com agências

Foto: Gustavo Bezerra

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *