Pacto pela Educação tem a adesão de 309 prefeitos baianos

Pacto pela Educação tem a adesão de 309 prefeitos baianos

Foi um grande sucesso o lançamento do Pacto pela Educação, batizado de “Educar para Transformar”, que contou com a participação de 309 prefeitos de todas as regiões baianas. Anunciado na segunda-feira (30) pelo governador Rui Costa no Senai/Cimatec, em Salvador, o programa estadual vai garantir a excelência no ensino e o acesso a instituições públicas de qualidade para crianças, jovens e adultos.
“Aqui temos prefeitos, deputados, ou seja, todo o poder público representado nesse primeiro momento. Em abril, mobilizaremos também a sociedade civil com empresários, ONG’s e outras instâncias que queiram aderir ao pacto. São grandes metas e indicadores que queremos avançar na Bahia”, afirmou o governador Rui Costa.
A presença maciça dos prefeitos baianos foi comemorada também por Josias Gomes, Secretário de Relações Institucionais do governo do Estado, a quem coube a função de articular a convocação deles para o evento. “Fizemos esse trabalho junto aos prefeitos, que responderam positivamente a esse grande programa educacional. Isso se traduz na presença de 309 prefeitos de todas as regiões da Bahia. Vieram em massa, independentemente da posição política de cada um”, afirmou o titular da Serin.
“Nosso esforço é para que cada um dos 2,6 milhões de crianças e jovens que estão nas redes municipal e estadual possam ser alfabetizados até os oito anos de idade, com domínio pleno da leitura, linguagem e operações matemáticas”, explicou o secretário estadual de Educação, Osvaldo Barreto. Segundo ele, o projeto possui cinco eixos básicos: colaboração entre Estado e municípios, fortalecimento da educação básica, educação profissional, parcerias com as escolas, e a integração entre as famílias e as escolas.
A prefeita de Cardeal da Silva e presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Maria Quitéria, elogiou a iniciativa do governo estadual na área educacional e afirmou que a medida terá total apoio da instituição que representa os municípios baianos.
Ademar Delgado das Chagas, prefeito de Camaçari, acredita que o Educar Para Transformar vai reforçar a qualidade da educação no município. “Vamos conhecer a proposta profundamente para implantá-la em Camaçari”.
O prefeito de Salvador, ACM Neto, afirmou que o tema educação deve unir a todos. “Prefeitos do interior, da capital, Governo do Estado, instituições não governamentais. Todos têm que cumprir seu papel e dar sua contribuição neste esforço. Educação é o único instrumento capaz de projetar um futuro diferente e consistente pra nossa sociedade”, argumentou.
Prefeito de Irecê, Luiz Sobral também garantiu a adesão do município ao programa. “Vamos dar nossa contribuição para melhorar ainda mais a educação no nosso município e no Estado”. O prefeito de Barreiras, Antônio Henrique de Souza, afirmou que o município “será um parceiro para melhorar as condições de vida dos estudantes”.
O prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho, também assinou o documento que marca a adesão ao pacto. Para ele, “educação é fundamental na vida de um cidadão e da sociedade. O poder público é peça extremamente importante em tudo isso”.
Para o prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro, a iniciativa é positiva, pois a educação é o principal mecanismo de transformação de uma sociedade. “Somente de forma conjunta, com os entes federados, municípios, Estado e governo federal, é possível realmente darmos um avanço significativo para a educação”, destacou.
“É bom porque isto vai se estender a todos os municípios da Bahia. É a educação que sairá vencedora. Trouxe a secretária municipal de Educação para compartilharmos tudo e, em seguida, implantarmos em nosso município”, garantiu Humberto Soares, prefeito de Santo Antônio de Jesus.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *