Arca das Letras: Bahia recebe 23 bibliotecas rurais

Arca das Letras: Bahia recebe 23 bibliotecas rurais

Com o apoio do mandato do deputado federal e líder do PT, Afonso Florence, quase 8 mil baianos terão acesso mais facilitado à leitura por meio do Programa Arca das Letras, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). A partir desta quinta- feira (12) acontece a entrega de 23 bibliotecas arca e capacitação de agentes rurais dos Territórios Velho Chico, Irecê, Chapada Diamantina, Costa do Descobrimento e Baixo Sul.

As novas bibliotecas farão parte do cotidiano de povoados e comunidades rurais e encurtarão a distância de muitos agricultores familiares, assentados da reforma agrária, quilombolas, pescadores e indígenas à literatura.

A ação, em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vai contemplar municípios nordestinos que ainda não tinham recebido as bibliotecas rurais. “Esse trabalho conjunto é resultado de uma chamada pública para a confecção e entrega de 270 bibliotecas para o Semiárido brasileiro, além da capacitação dos agentes de leitura, nas localidades onde não tinha nem o Arca das Letras nem as minibibliotecas da Embrapa”, explica a coordenadora-geral de Ação Cultural do MDA, Dione Ferreira.

Segundo ela, o intuito do programa é facilitar o acesso à leitura às comunidades mais afastadas geograficamente dos grandes centros. “Com as bibliotecas rurais, estamos levando oportunidades às populações mais longínquas. Oportunidade para que tenham contato com os livros. O Programa Arca das Letras vem atuando na democratização do acesso ao conhecimento junto a essas comunidades rurais”, salienta.

Para a professora Léia Cristina Silva Rios, 54 anos, o momento é importante para dar um significado aos espaços de leitura. “Sempre fui envolvida com a literatura, mesmo antes de fazer Letras. Sou muito engajada com isso em Conceição do Coité, minha cidade, e eu vejo que há uma carência muito grande. Na nossa escola temos uma biblioteca, mas é como se ela não fizesse parte daquele local. A minha expectativa é que a gente possa fazer um trabalho para ressignificar esses espaços de leitura”, diz.

O estado da Bahia é o 13º da federação em número de bibliotecas implantadas. Dos 417 municípios do estado da Bahia, o Programa de Bibliotecas Rurais Arca das Letras já beneficiou 148 municípios com 398 bibliotecas implantadas, beneficiando 54.351 famílias de agricultores familiares e capacitando 740 agentes de leitura para promover ações de incentivos ao livro e leitura na comunidade.

A Arca

Cada arca conta com 120 publicações da Embrapa, além de um kit com CDs e DVDs dos programas de rádio Prosa Rural e Dia de Campo na TV. Também faz parte do acervo: 13 livros infantis, 18 títulos de literatura jovem-adulto, além de nove livros didáticos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental, enviados pelo MDA.

Saiba mais

O Programa de Bibliotecas Rurais Arca das Letras, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), foi criado em 2003 e desde então vem contribuindo para que a população rural no Brasil tenha mais acesso ao livro. A iniciativa é da Secretaria de Reordenamento Agrário do MDA (SRA) que adotou o acesso à informação e ao livro como medida para redução das desigualdades sociais no meio rural.

O Programa é um mecanismo de inclusão e estratégia para o enfrentamento das dificuldades de acesso à informação do ponto de vista geográfico. Com mais de dez mil bibliotecas rurais implantadas, em 2.308 municípios, suas ações favorecem contato com livros de áreas técnicas, didáticas, acervos literários e folhetos explicativos voltados para temas relacionados ao meio rural e demais áreas do conhecimento.

Com informações do MDA

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *